As empresas aéreas registraram melhora nos índices medidos pela plataforma Consumidor.gov, no 3º trimestre deste ano em comparação com igual período de 2022, divulgou hoje (6) a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Foram registradas, de julho a setembro deste ano, 21,2 mil reclamações referentes às empresas aéreas, que no mesmo período transportaram 29,7 milhões de pessoas. Isso representa 71,4 reclamações para cada 100 mil passageiros, queda de 18,9% na comparação com o 3º trimestre de 2022.

“Os dados do Consumidor.gov, que apresentam com frequência melhoras no relacionamento das companhias aéreas com os passageiros, mostram como estamos constantemente dispostos a aprimorar a eficiência neste atendimento. Se analisamos proporcionalmente o número de passageiros transportados e o montante de reclamações vemos que o trabalho das companhias aéreas é exemplar”, afirma a presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Jurema Monteiro.

A solução de reclamações pelas empresas aéreas chegou a 82,4%, uma melhora de 4,7% em comparação ao mesmo trimestre de 2022. A nota de satisfação dos passageiros com o serviço das companhias aéreas cresceu 8,7%, uma nota de 3,6 em uma escala de 1 a 5. O tempo médio de resposta, no entanto, teve aumento de 14,4%, chegando a 4,9 dias.

Confira aqui o estudo completo do Consumidor.gov

Fonte: Anac

Comunicação/MCZ/Sineaa/2023

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco × três =

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?