Estruturado como um gerador de potencialidades, o Programa de Aprendizes da Socicam permite, há mais de duas décadas, que jovens de diversas regiões do país tenham um primeiro contato com o mercado de trabalho. Com a supervisão direta dos gestores em cada unidade de negócio, os participantes recebem capacitação técnica e prática para atuarem por pelo menos 11 meses em posições que permitam seu pleno desenvolvimento profissional e pessoal.

Atualmente, mais de 190 jovens integram o projeto nos 17 estados brasileiros em que a Socicam está presente. Com a atuação direta nas operações de terminais rodoviários, portuários e aeroportos, o programa possibilita que os integrantes desenvolvam habilidades que vão além do conhecimento técnico e desempenhem atividades que se relacionem com seus interesses de aprendizado, considerando as necessidades de cada empreendimento.

Na avaliação de Nanci Oliveira, analista de Treinamento e Desenvolvimento da Socicam, o projeto também possibilita uma reflexão sobre a contribuição de cada profissional para o coletivo. “Ao atuar na mobilidade, a Socicam está diretamente envolvida com a qualidade de vida das pessoas, que se deslocam diariamente por diferentes meios. Apresentar aos jovens os efeitos que esse trabalho exerce sobre a sociedade permite que percebam a importância das suas próprias ações e, assim, contribuam para fortalecer nossa missão de melhorar a vida das pessoas”, avalia.

Além da experiência de aprendizagem, o programa abre portas para novas jornadas na carreira. “Ao considerar o desempenho dos participantes e as necessidades de cada unidade de negócio, é possível viabilizar a abertura de efetivações ou vagas de estágio para que a permanência na empresa seja possível”, explica Rosmeire Milhardo, coordenadora de Recrutamento, Seleção e Treinamento.

Primeiro Encontro de Aprendizes amplia conhecimentos em São Paulo

Com o objetivo de integrar experiências adquiridas nas atividades práticas e apresentar o impacto delas na operação, a Socicam promoveu seu primeiro Encontro de Aprendizes na cidade de São Paulo, reunindo participantes que atuam no escritório corporativo, na Estação Brás e nos Terminais Rodoviários Tietê, Barra Funda e Jabaquara.

Realizado no Terminal Tietê, o maior do Brasil e da América Latina em movimentação de passageiros, o evento possibilitou que os jovens conhecessem os processos envolvidos na jornada do passageiro, desde a bilheteria – onde ocorre o primeiro contato -, passando pela checagem do número de viajantes nos veículos, até os procedimentos operacionais de segurança, incluindo as ações implementadas durante os períodos de alta movimentação, como em feriados ou férias escolares.

De acordo com Nanci, além da visita técnica às instalações, o evento promoveu palestra com o tema “Escolha, Criatividade e Repertório”, que discutiu desafios pessoais e profissionais enfrentados na faixa etária dos aprendizes. “Muitos estão em fase de escolhas de carreira. Nesse sentido, incentivamos que busquem a ampliação de seu repertório (de conhecimentos, interesses e cultura) a fim de que desenvolvam habilidades para além do conhecimento técnico, atributos relevantes para o mercado de trabalho”, avalia.

“Notamos que os aprendizes conseguiram conectar as atividades que realizam cotidianamente com os trabalhos práticos da operação, por exemplo como nasce e se encerra aquele formulário que é lançado no sistema e que anteriormente foi preenchido por um colega que está à frente de um atendimento no terminal. Compreender o protagonismo de cada um nesse ciclo é essencial para que todas as atividades sejam realizadas com eficiência e contribuam para o resultado positivo da empresa como um todo”, assegura Nanci.

Comunicação/MCZ/Sineaa/2024

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

nove + dez =

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?